domingo, novembro 20, 2005

TERROR A PARTIR DE ELEMENTOS QUOTIDIANOS

Aqui lista-se os filmes que mais medo e suspense geraram a partir de objectos e ocupações do nosso dia-a-dia. Depois da estreia destes títulos, nada foi outra vez igual...

PSICO (1960), de Alfred Hitchcock


Entre. Relaxe. Desfrute das vantagens de um bom duche de água quente. No Bates Motel, a palavra "repouso" ganha novo sentido...


A SEMENTE DO DIABO (1968), de Roman Polanski


Na vida de qualquer casal, a ansiedade do nascimento de um filho pode ser a experiência mais recompensadora da sua vida. Polanski, trabalhando a partir do best-seller de Ira Levin, interpretou essa sensação de forma "ligeiramente" diferente.

TUBARÃO (1975), de Steven Spielberg


Depois de um extenuante ano de trabalho, nada melhor do que o merecido mês de férias numa praia onde o sol brilha, o mar é calmo e perto de uma hospitaleira comunidade vizinha. Tudo isto era real, até ao momento em que Spielberg mostrou a sua versão de "temporada de veraneio".


O PROJECTO BLAIR WITCH (1999), de Daniel Myrick e Eduardo Sánchez


Não existe melhor forma de confraternização entre os jovens do que o acampamento de Verão. No entanto, tenham muita atenção ao local onde decidem montar as tendas...


PHONE BOOTH (2002), de Joel Schumacher


Se existe algum elemento urbano mais inofensivo, só pode mesmo ser a singela cabine telefónica. É pena que Colin Farrell não possa dizer o mesmo.

4 comentários:

nuno disse...

mt bom post Sam! ainda ontem revi o Tubarão. acho q n o via há quase 20 anos:)

Francisco Mendes disse...

Admito que após visionar "Nightmare on Elm Street", tinha medo de adormecer...

Mas após "Psycho", "Halloween" de John Carpenter é o meu filme de horror preferido. Foi a brilhante redefinição de um género que se encontra algo banalizado. Carpenter ensandeceu-me de medo, levando-me a perscrutar sempre os assentos traseiros de um carro e arrepiando-me sempre que não encontrava as chaves.

Knoxville disse...

Não sei se podemos englobar a "Cabine Telefónica" num dos nossos medos quotidianos, mas pronto, aceita-se :P

Os restantes partiram de um ponto simples, mas facilmente se tornaram clássicos.

Um abraço.

S0LO disse...

Ainda me lembro da primeira vez que tomei banho depois de ver o "Psico"...foi assustador :| lol! Estava sempre a olhar para todos os lados.

Abraços