terça-feira, dezembro 20, 2005

"RUN, TOM, RUN"

Será impressão minha ou é lugar comum nas personagens encarnadas por Tom Cruise, fugir e/ou correr de algo ou alguém?

Após breve análise, chego à conclusão de que...
(por ordem cronólogica e com alguns spoilers...)

TOP GUN (1986), de Tony Scott

Fugindo de forças aéreas inimigas...




NASCIDO A 4 DE JULHO (1989), de Oliver Stone

Fugindo aos traumas da Guerra do Vietname...




DIAS DE TEMPESTADE (1990), de Tony Scott

Fugindo dos seus adversários no asfalto...




A FIRMA (1993), de Sydney Pollack

Fugindo da Mafia...




ENTREVISTA COM O VAMPIRO (1994), de Neil Jordan

Fugindo da Mortalidade...




Missão Impossível (1996), de Brian de Palma

Fugindo, de forma impossível, à CIA...




DE OLHOS BEM FECHADOS (1999), de Stanley Kubrick

Fugindo à fantasia, ao cíume e à traição conjugal...




Missão Impossível 2 (2000), de John Woo

Fugindo, de forma impossível, a terroristas...




VANILLA SKY (2001), de Cameron Crowe

Fugindo, em sonhos, aos seus mais profundos medos...




RELATÓRIO MINORITÁRIO (2002), de Steven Spielberg

Fugindo de um crime que (ainda) não cometeu...




COLLATERAL (2004), de Michael Mann

Fugindo das autoridades...




A GUERRA DOS MUNDOS (2005), de Steven Spielberg

Fugindo à ameaça extraterrestre...



...sim, ele corre muito nos filmes que faz.

E a vossa opinião também conta...

3 comentários:

Miguel Andrade disse...

E como se nota nestas imagens, de fazer biquinho com a boca tb... rs Primo, saudades! Por onde vc anda?

nuno disse...

penso q o tom hanks num só filme correu mais do que o tom em todos:)

S0LO disse...

LOL, gostei do comentário do Nuno :o. Mas de facto, nunca tinha pensado nisto. Ele corre mesmo muito!

Cumps.