quarta-feira, fevereiro 18, 2009

A não perder



O poster de Cinema tem vindo a perder, ao longo dos anos, o seu estatuto de obra artística. Hoje em dia, com as facilidades proporcionadas pelo Photoshop, este material de promoção cinematográfica reveste-se, constantemente, de epítetos como "imediatismo" e "rapidez de execução". A indústria, aparentemente, não se pode dar ao luxo de gastar mais na concepção de um poster do que a distribuí-lo pelas salas de projecção...

No entanto, para os saudosistas das one-sheets visualmente surpreendentes, o livro Art of the Modern Movie Poster: International Postwar Style and Design é a melhor proposta para rever os clássicos posters oriundos da Europa de Leste (que, inclusive, já são estudados nas cadeiras universitárias de design) ou peças dos grandes clássicos norte-americanos, europeus e asiáticos dos últimos 50 anos.





Disponível on-line nos "escaparates" do costume.

5 comentários:

Gustavo H.R. disse...

Excelente dica, apesar do custo proibitivo!

Fifeco disse...

Sempre gostei muito desta arte. É verdade que a cada dia que passa, perde-se imaginação e inventividade. Ainda assim, de quando em vez, lá surge uma obra-prima. Mas sem dúvida que os grandes clássicos a esse nível serão sempre intemporais.

Abraço

Vitor Marques disse...

Obra muito interessante.
Gosto muito dos posters do leste. Deixo aqui dois links de posters polacos. Uma delícia.
Cumprimentos

http://www.poster.com.pl/movie-us1.htm
http://www.cinemaposter.com/index.html

Filipe Machado disse...

Concordo contigo. Apesar de terem perdido alguma importância na última década, devido essencialmente ao aparecimento da internet, ninguém pode negar o seu peso na longa história de divulgação de filmes. Tal como as próprias películas, a criatividade deve ter, obrigatoriamente, um lugar privilegiado na construção de qualquer poster, por isso, este continua a desempenhar um papel fundamental na transmissão da “alma” de qualquer filme.

Sam disse...

Gustavo,

é verdade que o preço é exorbitante, mas vale cada cêntimo gasto. :)

Fifeco,

os posters continuam a ser, para mim, a melhor peça promocional de um filme.

Vitor,

obrigado pelos links; também sou grande apreciador de posters made in Poland.

Filipe,

concordo plenamente contigo ao afirmares que são a "alma" de qualquer filme; há exemplos recentes que, quando posso, obtenho uma cópia.

Cumps. cinéfilos para todos.