terça-feira, abril 27, 2010

Jukebox #12

(«Jukebox»: boa música e os videoclips mais criativos do ponto de vista cinematográfico).

M.I.A., «Born Free»



Uma das artistas mais versáteis da actualidade — para além de compositora, é também produtora musical, designer de moda, artista plástica e activista política —, M.I.A. (Mathangi Arulpragasam de seu nome verdadeiro) aliou-se a Romain Vagras (filho do cineasta greco-francês Costa-Gravas) para conceber esta brutal alegoria visual sobre intolerância.

Descrito pela MTV como «incondicionalmente real» e «um retrato de eventos que a maioria das nações — incluindo os EUA, aqui apresentado como o agressor — recusa-se a admitir: o cerco às minorias étnicas, a amputação de liberdades cívicas e a degradação dos que nada possuem face aos que detêm a autoridade». A contribuir para esta visão, encontra-se, sem dúvida, o próprio testemunho de M.I.A., nativa do Sri Lanka, às "correntes" que o seu país natal tem imposto aos direitos humanos.

Seguindo a recente onda dos videoclips em forma de curta-metragem, possui conteúdo gráfico q.b., não sendo, decididamente, aconselhável para os de "estômago fraco". Mas a sua habilidade para incrementar a reflexão é inegável:



Sem comentários: