segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Festival de Berlim 2009



Com início agendado para o próximo dia 5 de Fevereiro (Quinta-Feira), o Festival Internacional de Berlim constitui uma montra do melhor cinema mundial (mas com predominância europeia) de cada princípio de ano.

A programação está completa e a lista de filmes em competição deixa antever alguns títulos merecedores de redobrada atenção:

CHÉRI, de Stephen Frears



Sinopse: Drama romântico situado na Paris dos anos 20, narra a espiral de fantasia em que o filho de uma cortesã cai, após ser forçado a terminar o relacionamento que mantinha com a mulher que lhe desvendou os segredos do amor.

EDEN À L'OUEST, de Costa-Gavras



Sinopse: Drama centrado nos imigrantes ilegais que vivem na União Europeia.

MEI LANFANG (FOREVER ENTHRALLED), de Kaige Chen



Sinopse: A biografia de Mei Lanfang, nome incontornável da história da Ópera Chinesa.

HAPPY TEARS, de Mitchell Lichtenstein



Sinopse: Duas irmãs, Jayne e Laura, regressam à casa onde cresceram para cuidarem pelo seu pai moribundo. É então que têm de lidar com uma série de acontecimentos inusitados...

IN THE ELECTRIC MIST, de Bertrand Tavernier



Sinopse: Um detective sulista depara-se com uma série de encontros surreais com soldados da Confederação.

MAMMOTH, de Lukas Moodysson



Sinopse: Durante uma viagem à Tailândia, um homem de negócios bem sucedido tenta alterar radicalmente a sua vida. Quando regressa a Nova Iorque, a mudança é sentida pela sua família, assim como por uma empregada filipina que vive com eles. Nas Filipinas, a família dessa empregada lida com a sua ausência.

I SKONI TOU CHRONOU (THE DUST OF TIME), de Theo Angelopoulos



Sinopse: Um realizador norte-americano, de descendência Grega, retorna a Roma para completar um filme cuja rodagem ele interrompeu por razões desconhecidas.

RAGE, de Sally Potter



Sinopse: Não foi divulgada.

RICKY, de François Ozon



Sinopse: Quando Katie, uma mulher comum, conhece Paco, um homem comum, algo de extraordinário acontece: uma história de amor. Dessa união, nasce uma criança extraordinária: Ricky.

TATARAK (SWEET RUSH), de Andrzej Wajda



Sinopse: Não foi divulgada.

Sem comentários: