sábado, maio 29, 2010

Dennis Hopper (1936 - 2010)



«There are moments that I've had some real brilliance, you know. But I think they are moments. And sometimes, in a career, moments are enough».

Responsável por transportar a "contra-cultura" dos 'sixties' para Hollywood ao realizar, escrever e interpretar EASY RIDER (1968), Dennis Hopper afirmou-se como uma das figuras mais icónicas, durante os últimos quarenta anos, do Cinema norte-americano.

A sua estreia no grande ecrã verificou-se em O GIGANTE (1956), onde figurou como filho inconformado de Rock Hudson. Um inconformismo que acompanhou toda a sua carreira — debateu-se com o alcoolismo e a droga por vários anos, integrou projectos emblemáticos e concebeu personagens inesquecíveis (sendo APOCALYPSE NOW o melhor exemplo).

1986 assinalou o seu regresso definitivo à grande forma, com HOOSIERS (para o qual foi nomeado ao Óscar de Actor Secundário) e, notavelmente, na pele do execrável Frank Booth em VELUDO AZUL.

Faleceu hoje em Los Angeles, aos 74 anos, vítima de doença prolongada.

Sem comentários: