sexta-feira, maio 17, 2013

O Cinema dos Anos 2000: As Invasões Bárbaras, de Denys Arcand




Se pudessem, como gostariam de morrer? Talvez como Remy, o protagonista de AS INVASÕES BÁRBARAS que, durante a sua batalha contra um cancro terminal, percebe que tem algo melhor na sua vida do que a medicina — amigos. Sobretudo, aqueles que o seu filho distante contacta (assim como algumas ex-amantes do pai) para transformar os últimos dias de um velho enfermo numa experiência suave e agradável, com a ajuda de bom vinho, boa comida, memórias e heroína pelo meio.

AS INVASÕES BÁRBARAS, peculiar sequela do filme O DECLÍNIO DO IMPÉRIO AMERICANO (de 1986, também realizado por Arcand) é uma das obras mais humanistas da última década, mesclando temáticas tão díspares e individualmente complexas como ambição, poder, dinheiro, religião, amizade, amor, felicidade, perdão, remorso e morte com tremenda eficácia. Pois subjacente à história de um moribundo, somos brindados com a irreverente e cínica reflexão sobre o povo Americano, o indiscutível "governante" económico, cultural e científico do mundo, mas cuja tecnologia de ponta não se revela, neste contexto, origem de serenidade pessoal ou alegria comunitária.

O humor e discernimento invulgares de AS INVASÕES BÁRBARAS não servem apenas estes assuntos pertinentes; o plot point do filme será, sempre, a observação de um homem prestes a morrer. Contudo, Denys Arcand evita o cliché do "nobre sofrimento do moribundo" (ou pathos) para concentrar energias na composição de uma obra melancólica, espirituosa, contemplativa e humilde, onde a ternura humana — sobretudo, através das brilhantes interpretações de Rémy Girard e Stéphane Rousseau — encontra lugar privilegiado.

por Samuel Andrade.

Elenco
. Rémy Girard (Rémy), Stéphane Rousseau (Sébastien), Dorothée Berryman (Louise), Louise Portal (Diane), Marie-Josée Croze (Nathalie), Marina Hands (Gaëlle), Dominique Michel (Dominique)


Palmarés
. Oscars da Academia: Melhor Filme Estrangeiro (Denys Arcand)
. Prémios da Academia Europeia: Prémio Screen International (Denys Arcand)
. Césares: Melhor Filme, Melhor Realizador (Denys Arcand), Melhor Argumento Original (Denys Arcand)
. Prémios Genie: Melhor Filme, Melhor Realizador (Denys Arcand), Melhor Actor (Rémy Girard), Melhor Actor Secundário (Stéphane Rousseau), Melhor Actriz Secundária (Marie-Josée Croze), Melhor Argumento Original (Denys Arcand)
. Festival de Cannes: Melhor Actriz (Marie-Josée Croze), Melhor Argumento (Denys Arcand)
. Festival Internacional de Toronto: Melhor Filme Canadiano (Denys Arcand)
. Festival Internacional de Valladolid: Prémio do Público (Denys Arcand)
. National Board of Review: Melhor Filme Estrangeiro



Sem comentários: