terça-feira, maio 27, 2008

Sydney Pollack (1934 - 2008)



Autor de filmes emblemáticos como OS CAVALOS TAMBÉM SE ABATEM (1969), TOOTSIE - QUANDO ELE ERA ELA (1982) e ÁFRICA MINHA (1985), sucumbiu ontem a um cancro que consumia o cineasta há cerca de nove meses.

Para além da sua carreira de realizador, Pollack distinguiu-se também como actor e produtor (títulos como COLD MOUNTAIN ou o recente MICHAEL CLAYTON - UMA QUESTÃO DE CONSCIÊNCIA atestam a sua versatilidade na escolha de projectos).

O seu falecimento deixa um vazio impreenchível nos panteões dos autores mais completos da Sétima Arte.

Sem comentários: