segunda-feira, fevereiro 22, 2010

British Academy of Film and Television Arts 2009: os vencedores



Foram revelados, ontem à noite, os laureados pela Academia Britânica de Cinema e Televisão, mais conhecidos na indústria como os BAFTA. Uma cerimónia com algumas surpresas e, por uma ocasião, histórica.

Comecemos pelo momento inédito: Kathryn Bigelow tornou-se na primeira mulher, em 63 edições, a arrecadar o galardão de Melhor Realizador. Destaque, igualmente, para os prémios de interpretação principal, com as vitórias de Colin Firth por UM HOMEM SINGULAR ("destronando" o favorito Jeff Bridges) e Carey Mulligan por UMA OUTRA EDUCAÇÃO (superando as apostas que colocavam Sandra Bullock e Meryl Streep como as principais candidatas). Christoph Waltz e Mo'Nique revelaram-se os "suspeitos do costume" ao arrecadarem os prémios de Actor Secundário e Actriz Secundária respectivamente.

Desta forma, os vencedores nas principais categorias foram:
(Títulos em Português indicam filmes já estreados ou com data de estreia anunciada no nosso país)

MELHOR FILME
THE HURT LOCKER — ESTADO DE GUERRA

MELHOR FILME BRITÂNICO — PRÉMIO ALEXANDER KORDA
FISH TANK

MELHOR ACTOR PRINCIPAL
Colin Firth, por UM HOMEM SINGULAR

MELHOR ACTRIZ PRINCIPAL
Carey Mulligan, por UMA OUTRA EDUCAÇÃO

MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO
Christoph Waltz, por SACANAS SEM LEI

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA
Mo'Nique, por PRECIOUS

MELHOR REALIZADOR
Kathryn Bigelow, por THE HURT LOCKER — ESTADO DE GUERRA

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
Jason Reitman e Sheldon Turner, por NAS NUVENS

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
Mark Boal, por THE HURT LOCKER — ESTADO DE GUERRA

MELHOR FILME ANIMADO
UP — ALTAMENTE!

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
UM PROFETA (França/Itália)

A consulta detalhada dos vencedores pode ser efectuada neste endereço.

2 comentários:

César Paulo Salema disse...

Caro Sam:
Acho, salvo erro, que a Bullock nem estava nomeada!
Só para que conste que a vitória nem sequer foi inesperada pois estava na cara que os bifes votariam numa britãnica!
Eu aposto ainda na Rainha Meryl para o 3º OSCAR.

Sam disse...

Caro César,

tens toda a razão: Sandra Bullock não foi nomeada para o BAFTA. Obrigado pelo reparo.

Também sou grande fã da Meryl Streep e não me importaria que ela levasse o Óscar. Contudo, se fosse eu a "mandar", ganharia a jovem Gabourey Sidibe por PRECIOUS... :)

Cumps cinéfilos.