quarta-feira, maio 12, 2010

Festival de Cannes 2010 — Dia 1



Foi com o eterno ROBIN HOOD que se iniciaram as "hostilidades" do 63º Festival de Cannes.

Na ausência de Ridley Scott, as teleobjectivas focaram o duo de protagonistas Russell Crowe e Cate Blanchett:





Quanto à nova versão do fora-de-lei de Nottingham que "roubava aos ricos para dar aos pobres", a crítica tem destacado a (sempre elogiada) realização de Ridley Scott, embora considere que o filme sai penalizado pela sua excessiva duração, «sucumbindo em abundantes dimensões histórico-políticas, tornando-se incapaz da excitação, por parte da audiência, que a figura lendária retratada merece».

Neste primeiro dia, nunca é demais relembrar a constante visão que teremos de Tim Burton, enquanto Presidente do Júri:



Sem comentários: