domingo, dezembro 12, 2010

Top 10 — Disney



A Disney celebra este ano com TANGLED o seu 50.º filme em animação tradicional. Para assinalar a ocasião, fui convidado pelo blog Split Screen para partilhar com o mundo quais os meus 10 filmes predilectos dessa lista.

O resultado, com respectiva justificação, foi este:

Top 10

10.º The Sword in the Stone (1963)
9.º Aladdin (1992)
8.º Peter Pan (1953)
7.º Lady and the Tramp (1955)
6.º Beauty and the Beast (1991)
5.º Fantasia (1940)
4.º The Emperor’s New Groove (2000)
3.º Alice in Wonderland (1951)
2.º The Lion King (1994)
1.º Bambi (1942)

Seleccionar dez filmes de entre todas as obras sublimes que a Disney produziu desde 1937 terá sido, provavelmente, uma das tarefas mais árduas que já me foi solicitada. Talvez por isso, encarei a rubrica como positivamente desafiadora...

Para a sua elaboração, dei ênfase ao modo como cada filme deste Top 10 influenciou a minha vida e o grau de emocionalidade proporcionado aquando da sua visualização. Passo a citar alguns exemplos: BAMBI foi o primeiro filme em que não consegui esconder a lágrima (quem pode resistir aquele arrebatador "Mother? Mother?"?); THE LION KING despertou-me para uma nova era de maturidade narrativa e técnica em animação; ALICE IN WONDERLAND capturou, como nenhuma outra adaptação desse clássico da literatura, a essência do livro de Lewis Carroll; e THE EMPEROR’S NEW GROOVE será um dos títulos mais incaracterísticos mas preenchido de genial comédia alguma vez produzido pela Disney.

Todos estes elementos continuam vivos no estúdio pelo legado de Walt Disney. TANGLED (que, infelizmente, ainda não vi) é o 50º dessa tradição e é certo que os próximos 50 filmes perpetrarão os valores invocados por este Top 10 nos anos vindouros.



P.S.: obrigado, Ana e Tiago, pelo convite!

4 comentários:

Ana Alexandre disse...

Sempre às ordens :)

E não podia ter pedido um melhor post para começar a iniciativa, obrigada!

Rui Francisco Pereira disse...

Gostei muito da inclusão do Pacha e o Imperador ;)

É um dos filmes mais ricos da Disney a nível de humor e injustamente esquecido.

Abraço

Sam disse...

Ana,

Obrigado pela oportunidade!

Rui,

*Muito* injustamente esquecido. Nunca me canso de o rever!

Tiago Vitória disse...

Olá Sam, agradeço muito o teu comentário. É sempre óptimo ter a percepção que o nosso amor e esforço pelo cinema é reconhecido. Tenho pena não ter mais tempo para reservar aquele cantinho ao cinema...
Também já te tenho adicionado aos meus feeds.

Em relação ao post, adoro a inclusão da "Espada era a Lei", um dos filmes que eu mais tenho memória de pôr no meu leitor de cassete.

Continuação de um óptimo trabalho!
Cumps cinéfilos!!!