segunda-feira, dezembro 13, 2010

"What are your Oscar chances?" #8

SHUTTER ISLAND



Dos filmes mais apontados como favoritos a figurarem entre as nomeações da próxima edição dos Óscares, SHUTTER ISLAND é o que possui a estreia mais longínqua (concretamente, foi a 25 de Fevereiro do presente ano). Tradicionalmente, um lançamento comercial tão "prematuro" costuma ser impeditivo para o desempenho positivo de um filme aquando de indicados e premiados. Mas basta ver o caso de ESTADO DE GUERRA, no ano passado, para se entender que esta não é regra sem excepção.

No que toca a campanhas promocionais em prol da sua elegibilidade, só nas últimas semanas é que a Paramount tem demonstrado maior azáfama. Talvez por isso, aparente ter hipóteses reduzidas. Contudo, a simpatia que a Academia nutre por Martin Scorsese e a sua recente classificação, pelo National Board of Review, como um dos melhores filmes de 2010, poderá surpreender a maioria das "casas de apostas"...

Análise factual:

Desempenho de bilheteira: De toda a carreira de Scorsese, este é o filme com maiores receitas de box-office, tendo arrecadado 128 milhões de dólares no mercado norte-americano e mais de 160 milhões internacionalmente(1). Na lista dos títulos mais vistos em 2010, SHUTTER ISLAND queda-se no 18º lugar(2).

Recepção crítica: É, entre os principais candidatos, o título com maior desequilíbrio em termos de consenso. Registando apenas 59% de aprovação favorável no Rotten Tomatoes(3), SHUTTER ISLAND tanto foi aclamado pela sua portentosa atmosfera de terror como denegrido por não despertar nenhuma envolvência emocional no espectador.

(4)

Avaliação de cenários:

Cenário provável: Na verdade, são dois: ou é totalmente ignorado no momento das nomeações ou, pela já referida empatia com Scorsese, arrecada mesmo a nomeação para Melhor Filme. De acordo com algumas fontes, a adaptação ao romance de Dennis Lehane está bem conseguida, sendo de cogitar uma potencial nomeação a Argumento Adaptado. Contudo, as possibilidades mais sólidas surgem nas categorias técnicas, nomeadamente Fotografia e Montagem.

Cenário de sonho: Sair da cerimónia com, pelo menos, uma estatueta. A possibilidade, levantada por alguns observadores, de nomearem Leonardo DiCaprio para Melhor Actor seria encarada como uma vitória.

Cenário a evitar: O absoluto esquecimento da Academia perante SHUTTER ISLAND.

--//--

Consideram que SHUTTER ISLAND tem mais hipóteses do que os factos parecem antever? Teremos aqui, e para os Oscares, um mistério maior que o próprio argumento do filme? Partilhem a vossa opinião.

3 comentários:

My One Thousand Movies disse...

Para mim, este era já o vencedor. Mas provavelmente não vai aocntecer isso :(

ArmPauloFer disse...

Shutter Island e Inception partilham, para mim, imensas semelhanças, além do "taaamm taaaam" na banda sonora durante o filme. Pessoalmente, acho este filme mais completo, honesto e conclusivo que o "Inception" contudo o filme de Nolan tem um apelo de blockbuster com cérebro que não se lhe pode negar.
Entre os dois Shutter Island venceria por ser: melhor filme, melhor actor, melhor fotografia e melhor realizador. O Inception por melhor argumento e efeitos especiais, actriz secundária (Marion Cotillard - ela polariza o filme nas poucas cenas que tem) e actor secundário (Tom Hardy fez muito com tão pouco).
Eu gostei do Inception, bastante mas mais pelo factor uau, uma ideia bem concretizada mas achei-o desonesto (é um embuste inconclusivo - todo o filme passa-se por alguém a sonhar), e até mesmo cansativo. Mas tem muita substância e sabe concretizar conceitos.
Comparando os dois: reparemos que no de Scorcese ele não precisa de uma personagem para nos obrigar a dar as instruções do que se passa e vai fazer a seguir (a Ellen Page principalmente).
Por tudo isto, racionalmente tenho de achar que este Shutter Island é superior. Há uns anos Scorcese ganhou finalmente o Oscar de melhor realizador por um filme que, na minha opinião, não merecia. Por Shutter Island merecia ser o melhor realizador... o problema é David Fincher e outros.

Sam disse...

Francisco,

Shutter Island nunca se apresentou como concorrente a prémios. Talvez por iniciativa própria...

Armindo,

Realmente, a concorrência, em termos de filmes dramáticos, é muito forte este ano. E, tal como disse ao Francisco, parece que nunca foi elaborada uma campanha pujante para colocar Shutter Island entre os "favoritos". Mas é um bom filme, sem dúvida!


Cumps cinéfilos para os dois!