quarta-feira, maio 11, 2011

Festival de Cannes 2011 — Dia 1



A atribuição do Prémio Honorário de Carreira a Bernardo Bertolucci serviu de arranque ao 64ª Festival de Cannes.

Bernardo Bertolucci (à esquerda)

O cineasta italiano de 71 anos, que nunca viu um filme seu arrecadar a Palma de Ouro, confessou ter redescoberto o prazer de filmar, não obstante a doença que o confina a uma cadeira de rodas, sobretudo pelas potencialidades que o cinema 3D lhe revelou: «[o formato] fascina-me, mas não compreendo porque tem de ficar reservado apenas para filmes de ficção-científica ou terror». O próximo filme de Bertolucci, intitulado IO E TE, será então em 3D e tem data de estreia marcada para 2013.

Em termos de projecções, o presente Festival de Cannes iniciou com Woody Allen e o seu MIDNIGHT IN PARIS, comédia romântica que faz Owen Wilson retornar aos anos 20, conviver com Buñuel ou Picasso e assinala, segundo a crítica, o regresso à boa forma do realizador nova-iorquino: «divertido e intelectual q.b., devidamente apetrechado de representações atraentes, cenários parisienses e da Primeira-Dama Francesa». Inclusive, já há quem fale no seu potencial para os Óscares...

Da esquerda para a direita:  Adrien Brody, Owen Wilson, Lea Seydoux, Woody Allen, Frederic Mitterrand e Rachel McAdams

Rachel McAdams, estonteante

Na conferência de imprensa, Woody Allen confessou o seu desejo de «tornar Paris bonita» e, embora essa seja uma vertente dominante em MIDNIGHT IN PARIS, rejeitou a noção de "passado romantizado": «Parece sedutor mas isso é uma armadilha. Naquele tempo, não havia ar condicionado nem administravam anestesias no consultório do dentista».

Este primeiro dia fica também marcado pelas palavras e anseios de Robert De Niro, enquanto presidente do júri, para a edição de 2011 do Festival: «Não é um hábito meu assistir a tantos filmes em tão pouco tempo. No mínimo, sei que vou ter imenso prazer no acto de ver cinema, algo que nem sempre me é possível fazer».

De Niro na cerimónia de abertura do Festival

[Crédito de imagens: Reuters, Getty Images, EPA e Site Oficial do Festival.]

2 comentários:

ArmPauloFer disse...

Caramba, como a Rachel McAdams esteve deslumbrante com aquele vestido vermelho!

Sam disse...

Sempre a achei uma actriz interessante :)