segunda-feira, novembro 29, 2010

"What are your Oscar chances?" #5

OS MIÚDOS ESTÃO BEM



Comédia dramática sobre um casal de lésbicas cujos filhos, gerados por fertilização in vitro, procuram descobrir a identidade do seu dador anónimo de esperma, está bem posicionada para ser um dos competidores aos Óscares relativos a 2010, nomeadamente desde a sua ante-estreia, em Janeiro último, durante o Festival de Sundance.

Nem a temática homossexual prejudicará as suas hipóteses de figurar como um dos principais títulos do ano, sobretudo face à crescente facilidade com que a Academia premeia "interpretações homossexuais" — basta recordar Sean Penn, galardoado por MILK há dois anos — e OS MIÚDOS ESTÃO BEM é um filme de actores.

Análise factual:

Desempenho de bilheteira: Produção independente, logo de "baixo custo", que até ao presente conseguiu facturar 27 milhões de dólares a nível mundial, dos quais 20 milhões foram em território norte-americano(1).

Recepção crítica: Com um rating de aprovação na ordem dos 94% segundo o Rotten Tomatoes(2), é um dos filmes com maior consenso favorável. Destaque para o veredicto de ser «a comédia do ano, que não aplica golpes baixos nem é manipuladora, transmitindo ideias sem ser paternalista».

(3)

Avaliação de cenários:

Cenário provável: Encontra-se bem posicionado para Melhor Filme e Argumento Original (nesta última categoria, detém a pole position). O mesmo se pode dizer de Annette Bening, cuja indicação — e posterior vitória — a Melhor Actriz já é uma quase certeza.

Cenário de sonho: Embora não tenha pretensões a muitos prémios, a cerimónia dos Óscares será positiva com as vitórias para Melhor Actriz e Melhor Argumento Original. O panorama aperfeiçoar-se-ia com a nomeação da realização de Lisa Cholodenko e um número maior de indicações nas interpretações, sendo que Mark Ruffalo (Actor Secundário) e Julianne Moore (Actriz Secundária) são nomes a ter em conta. No entanto, se a Academia preferir um filme de índole mais reconfortante, OS MIÚDOS ESTÃO BEM pode ser considerado como o melhor de 2010...

Cenário a evitar: É quase impossível que escape às nomeações. Assim, o "pesadelo" seria não ganhar qualquer Óscar.

--//--

Consideram que esta poderá ser a surpresa do ano? Julgam que existe aqui alguma sobrevalorização? Partilhem a vossa opinião.

Sem comentários: