domingo, maio 15, 2011

Indie Lisboa 2011



Foram anunciados, ontem à noite, os vencedores do 8º Festival Internacional de Cinema Independente de Lisboa.

THE BALLAD OF GENESIS AND LADY JAYE, uma «homenagem a um amor que não envelhece», foi o (de acordo com algumas fontes, polémico) vencedor desta edição.

Os principais prémios atribuídos foram:

. GRANDE PRÉMIO DE LONGA-METRAGEM "Cidade de Lisboa"

THE BALLAD OF GENESIS AND LADY JAYE (EUA), de Marie Losier



. GRANDE PRÉMIO PARA CURTA-METRAGEM

THE STORY OF ELFRANKO WESSELS (Canadá/EUA), de Erik Moskowitz e Armanda Trager



. PRÉMIO CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS — MELHOR LONGA-METRAGEM PORTUGUESA

LINHA VERMELHA, de José Filipe Costa



. PRÉMIO PIXEL BUNKER — MELHOR CURTA-METRAGEM PORTUGUESA

ALVORADA VERMELHA, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata



. PRÉMIO TAP — MELHOR LONGA-METRAGEM PORTUGUESA DE FICÇÃO

O QUE HÁ DE NOVO NO AMOR?, de Hugo Martins, Hugo Alves, Mónica Santana Baptista, Patrícia Raposo, Rui Santos e Tiago Nunes



. PRÉMIO TAP — MELHOR DOCUMENTÁRIO DE LONGA-METRAGEM PORTUGUÊS

EDEN, de Daniel Blaufuks



.PRÉMIO NOVO TALENTO FNAC

HOMENAGEM A QUEM NÃO TEM ONDE CAIR MORTO, de Patrick Mendes



A lista completa dos vencedores pode ser consultada aqui.

Sem comentários: