quinta-feira, junho 06, 2013

O Cinema dos Anos 2000: Oldboy — Velho Amigo, de Chan-wook Park




O magnum opus da 'trilogia de vingança' assinada por Chan-wook Park, OLDBOY — VELHO AMIGO recebeu o selo de culto ainda em Cannes, pouco antes de se tornar num dos maiores fenómenos cinematográficos de 2003; em causa a controvérsia associada à natureza da sua brutalidade e a qualidade técnica dos cineastas envolvidos que produziu, entre outros, "o" magistralmente coreografado plano-sequência, já um ícone da cultura popular. Mas o impacto causado pela película Sul Coreana vai muito além de um ideal ilusório de violência. É a poesia da narrativa e a instigante honestidade que tornam a viagem de Oh Dae Su (brilhante interpretação de Choi Min-sik) numa miríade de intriga dotada de uma subliminal caracterização de justiça.

Sob o trepidar da angústia e do incompreensível, Park desconstrói um macabro envolto em epistemologias filosóficas, evidenciando um ethos de moral ambígua em prol da exploração de uma dimensão humana de solidão. É através deste catalisador de emoções primárias que Park usa a repressão de impulsos caóticos do seu anti-herói para colorir este subversivo e arrebatador neo-noir. Gravado na retina fica a harmonia entre os tons negros do caleidoscópio óptico e a perversidade do lirismo contextual, bem como a visceralidade psicológica associada à sua visualização. Baseado na manga de Garon Tsuchiya e Nobuaki Minegishi, OLDBOY é, mais do que um dos melhores feitos da década de 2000, um dos grandes filmes do cinema asiático.

por Filipe Coutinho (Cinema is my Life).

Elenco
. Choi Min-sik (Oh Dae-su), Yoo Ji-tae (Lee Woo-jin), Kang Hye-jung (Mi-do), Ji Dae-han (No Joo-hwan), Kim Byeong-ok (Mr. Han), Oh Tae-kyung (Dae-su jovem), Ahn Yeon-seok (Woo-jin jovem), Woo Il-han (Joo-hwan jovem)


Palmarés
. Festival de Cannes: Grande Prémio do Júri (Chan-wook Park)
. Festival Internacional de Sitges: Melhor Filme (Chan-wook Park), Prémio da Crítica


Sobre Chan-wook Park

Uma das principais figuras do renascimento do Cinema Sul-Coreano, a sua tendência para encenar histórias simples mas sangrentas, através da criação de mundos ilusórios e quase artificiais, está explanada numa carreira diversificada e multipremiada. Destacam-se, da sua filmografia, JOINT SECURITY AREA (2000), SYMPATHY FOR MR. VENGEANCE (2002), VINGANÇA PLANEADA (2005) e THIRST — ESTE É O MEU SANGUE (2009).



Sem comentários: