quarta-feira, junho 05, 2013

O Cinema dos Anos 2000: Touching the Void — Uma História de Sobrevivência, de Kevin Macdonald




O título em português de TOUCHING THE VOID referencia mais do que as provações físicas e mentais, vividas por Joe Simpson e Simon Yates, dois alpinistas britânicos que, em 1985, decidiram enfrentar — com um desenlace quase fatal — as escarpas geladas e traiçoeiras do Siula Grande, nos Andes. Na verdade, em todas as circunstâncias desta "História de Sobrevivência", fica subjacente uma profunda observação sobre a importância da tomada de decisões na vida e (tendo em conta o caso abordado pelo filme) na morte de qualquer um de nós.

Entrecruzando entrevistas a Simpson e Yates com a vívida e atmosférica recriação de uma escalada peculiarmente acidentada, Kevin Macdonald privilegia os contornos morais da situação em detrimento de qualquer exagero emocional, ou gratuitidade na apresentação de sofrimento humano, que a mesma poderia suscitar. Numa abordagem documental séria e cuidadosa, que não sofre por recorrer a técnicas como a Snorricam ou a distorções na sonoplastia — ferramentas até então exclusivamente presenciadas no cinema de ficção —, o espectador permanece facilmente envolvido nas implicações éticas das acções e poderosa superação humana dos intervenientes, as quais são, e sempre, os principais motores "narrativos" de TOUCHING THE VOID.

Objecto singular no seio do cinema documental dos anos 2000 (capaz, inclusive, de obrigar a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas a alterar as regras do Oscar de Melhor Documentário, para assim justificar a sua ausência entre os nomeados daquele ano), TOUCHING THE VOID — UMA HISTÓRIA DE SOBREVIVÊNCIA sacrifica o suspense e o grande espectáculo pela introspecção e a quietude das consequências da extrema iniciativa humana num dos piores cenários naturais do nosso planeta.

por Samuel Andrade.

Elenco
. Brendan Mackey (Joe Simpson), Nicholas Aaron (Simon Yates), Richard Hawking (O próprio), Joe Simpson (O próprio), Simon Yates (O próprio), Ollie Ryall (Richard Hawking)


Palmarés
. BAFTA: Melhor Filme Britânico (John Smithson, Kevin Macdonald)



Sem comentários: