quinta-feira, abril 28, 2011

#7



... segundo a opinião e discurso directo do Edgar Ascensão a.k.a. brain-mixer, do blog Brain-Mixer:

Qual Top mais ou Top Gun, este é o meu TOP

Já não é vergonha nenhuma um cinéfilo assumir o seu gosto por blockbusters. A predilecção pode passar por todos os géneros e estilos cinematográficos. A minha, essa, infelizmente não passa dos anos 80 para lá... Tendo nascido no início dessa década, cresci a ver os mesmos, as obras que se foram tornando cultura pop, de divindade audiovisual, de "nerdice" juvenil. Hoje, olho para trás e reparo que a bagagem que me acompanhou é pesada. Com qualidade. Incontornáveis.

Para mim (e todos os que concordarem), os melhores filmes que se podem eleger são aqueles que podemos ver e rever vezes sem conta, apesar de se lhe conhecer os diálogos, as surpresas, as acções de cor e salteado. Daqueles filmes que são tão conhecidos que ninguém tem a coragem de os atirar para o ar. Poderia banalizar a coisa e referir Citizen Kane ou algum filme de Truffaut. Não, isso não é carga para a minha bagagem... São sim, belezas como OS SALTEADORES DA ARCA PERDIDA, ASSALTO AO ARRANHA-CÉUS ou ROBOCOP — O POLÍCIA DO FUTURO. Estão em mim no antro dos intocáveis. As três dos '
eighties', os tais 80's. Antes disso? Retenho O BOM, O MAU E O VILÃO como o fenómeno que hoje perdura na minha neura.


(1981, Raiders of the Lost Ark, Steven Spielberg)


(1988, Die Hard, John McTierman)


(1987, Robocop, Paul Verhoeven)


(1966, Il buono, il brutto, il cattivo, Sergio Leone)

Viremos a página do calendário, EXTERMINADOR IMPLACÁVEL 2: O DIA DO JULGAMENTO e LÉON, O PROFISSIONAL são coisas cinemáticas assombrosas dos anos 90. Quem desmentir, que levante o dedo.


(1991, Terminator 2: Judgment Day, James Cameron)


(1994, Léon, Luc Besson)

Mais tarde concentro-me em algo mais complexo como CONTACTO e ESTRADA PERDIDA: Era um caminho que tomaria na minha vida, a das coisas intricadas.


(1997, Contact, Robert Zemeckis)


(1997, Lost Highway, David Lynch)

São os Brain-movies de gema, os quebra-cabeças que tanto refiro pela blogosfera fora. Na "nova" década surgem-me em catadupa. E QUERES SER JOHN MALKOVICH? sobrepõe-se a tantas obras-primas. Mas é com THE FOUNTAIN — O ÚLTIMO CAPÍTULO que percebo a essência da arte, da intimidade que o som pode ter com a imagem, e a narrativa me conseguir converter numa besta bipolar. Amo o filme.


(1999, Being John Malkovich, Spike Jonze)


(2006, The Fountain, Darren Aronofsky)

Mas não renego a minha "escola": Sim, os filmes podem ser arte, podem ser de autor, podem ser de culto. Mas sim, também podemos ter o prazer de nos deleitar com um riquíssimo blockbuster de vez em quando. Para isso, que nos prezem, façam-mos bons!

--//--

Obrigado, Edgar, pela tua participação!

14 comentários:

brain-mixer disse...

Obrigado pelo convite ;)

Sam disse...

E obrigado por o teres aceitado!

ArmPauloFer disse...

É disto mesmo que eu falava há uns dias atrás no grupo.
Esta é daquelas listas admiráveis mesmo!
Muito boa e parabéns!

João Bizarro disse...

Uma lista variada. Com bom gosto.

João Gonçalves disse...

Contact é também um dos filmes da minha vida. Do Luc Besson prefiro o The Big Blue.
Gosto muito do The Fountain e do Terminator. O Die Hard também é um filmaço de acção.

Já o do Spike Jonze detesto tudo no filme

Roberto Simões disse...

Retenho THE FOUNTAIN e O BOM, O MAU, E O VILÃO como os meus preferidos da lista.

Roberto Simões
CINEROAD

Jorge disse...

Eu de todos retenho o Bom, Mau e Vilão e o Terminator 2 como os meus preferidos. De resto grande lista, especifica e pessoal como se quer!

abraço

Jorge disse...

Já agora a referência a Léon é de saudar, um filme muitas vezes esquecido...tendo qualidade para figurar em tanta lista.

abraço

Sofia - http://cine31.blogspot.com/ disse...

boa lista brain... me likes it :)

Sarah disse...

De facto todos são grandes filmes, mas destaco Il buono, il brutto, il cattivo, Being John Malkovich e The Fountain, são excelentes!

Sarah
http://depoisdocinema.blogspot.com

Nuno Pereira disse...

Tenho que comentar esta.. grande lista!!!

Talvez possa ter apenas um e só um filme em comum com uma hipotética lista minha!

Mas sem duvida que o Edgar não se esqueceu daqueles filmes que mais vezes viu, e é isso que eu mais prezo nestas listagens :)

Depois de uma lista destas vou ter que fazer a minha...

Sam disse...

@Nuno, se quiseres participar, envia um mail para andradesamuel@gmail.com

Cumps cinéfilos a todos!

Ricardo Campos disse...

Boa lista!

Catarina Norte disse...

Muito boa lista! Retenho Léon, The Fountain e Il buono, il brutto, il cattivo!